Procura emprego? 97% das empresas prevê recrutar ainda este ano

Segundo o barómetro de Recursos Humanos do instituto Kaizen em Portugal, divulgado esta quarta-feira, na hora de recrutar, 73% das empresas dá prioridade a profissionais com experiência até cinco anos.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

A quase totalidade das empresas pretende recrutar ainda este ano: 97% das inquiridas no âmbito da última edição do barómetro de Recursos Humanos do instituto Kaizen em Portugal responde afirmativamente à questão sobre futuros processos de recrutamento ao longo do ano.

Na hora de contratar, as empresas dizem optar em primeiro lugar por profissionais com experiência até cinco anos (73%). A segunda opção recai nos recém-licenciados (55%). Em terceiro lugar, as empresas elegem profissionais com experiência entre cinco a 10 anos. No final da lista surgem os profissionais com experiência entre 10 a 20 anos (3%), bem como o recrutamento de pessoas com mais de vinte anos de experiência recolheu 0% de respostas.

Quando questionados sobre o maior desafio atual na gestão de pessoas, 62% das empresas diz que passa pela criação da cultura de compromisso e promoção de uma performance de excelência. Já 20% destaca a atração e retenção de talento. Apenas 10% considera como desafio a gestão do sistema de avaliação de desempenho e plano de carreira, enquanto para 8% a preocupação maior reside na garantia de liderança pelo exemplo.

O Kaizen Institute inquiriu um painel composto por cerca de 80 responsáveis de recursos humanos de organizações do tecido empresarial português, para assim auscultar as motivações, receios, desafios e necessidades deste tecido.

 

Recomendadas

Saiba quais as medidas de segurança nos locais destinados à dança

É obrigatório ter serviço de vigilância com recurso a segurança privada, aplicável obrigatoriamente em espaços com lotação igual ou superior a 200 pessoas.

Está à procura de um sítio para ficar estas férias? Deco sugere Eco Hotel

Ao estar a selecionar a opção de ficar num alojamento Ecológico, está também a contribuir para garantir mais sustentabilidade e um meio ambiente muito melhor.
Comentários