AAMM volta a ser premiada nos European Women in Business Law

A sociedade de advogados foi distinguida pela segunda vez nos galardões que premeiam políticas e iniciativas de apoio às mulheres.

 

A AAMM (Abecasis, Moura Marques, Alves Pereira e Associados) voltou a ser premiada nos European Women in Business Law. A sociedade de Advogados arrecadou pelo segundo ano consecutivo as distinções de Leading Firm e Best National firm for Pro Bono Work, em Portugal.

A cerimónia de entrega dos prémios relativos a 2017 realizou-se no Hotel Jumeirah Carlton Tower, em Londres, e contou com a presença da advogada Patrícia Penaforte, associada do Departamento de Direito do Público da AAMM, e do sócio Diogo Pereira da Costa, sócio da AAMM. “Uma vez mais, a AAMM posiciona-se entre as melhores sociedades de advogados do mundo, resultado de uma cultura muito forte e diferenciada”, enfatiza a firma, em comunicado enviado às redações.

Em entrevista ao Jornal Económico, o sócio fundador da AAMM Paulo de Moura Marques referiu que a contratação de mulheres não era um critério em que pensassem. O porta-voz da firma afirmou que, quando formaram a equipa, pensaram apenas em “advogados(as), gente com qualidade”. “Acho que não me consigo pronunciar sobre as quotas porque são algo que se utiliza para promover a igualdade. Ouço muitas senhoras dizerem que são contra as quotas, porque são outra forma de desigualdade”, sublinhou.

Os European Women in Business Law Awards reconhecem as sociedades de advogados que mais se destacaram em cada país, no âmbito de políticas e iniciativas de apoio ao sexo feminino, como o desenvolvimento de carreiras profissionais, equilíbrio com a vida pessoal, pro bono e gestão de talento.

Relacionadas

“Angola e Moçambique são mercados muito interessantes”

Paulo de Moura Marques, sócio-fundador da AAMM, acredita que o sucesso do turismo se deve ao facto de existir uma estratégia nacional para o setor.
Recomendadas

Portugal é o mercado externo mais atrativo para as sociedades de advogados de Espanha

Portugal é visto como um lugar prioritário e de elevado crescimento para as sociedades de advogados do país vizinho, em especial os da área jurídica, com as cidades de Lisboa e Porto a serem as mais procuradas.

Indico Capital captou 1,1 milhões de euros para a EatTasty com assessoria da Cuatrecasas

A Cuatrecasas assessorou a Indico Capital Partners no fecho de uma ronda de investimento seed (fase inicial) para a startup EatTasty, no valor de 1,1 milhões de euros.

Novas regras no sector imobiliário

Assiste-se a um aumento da burocracia e da responsabilidade das “Entidades Imobiliárias” que se vêem obrigadas elas próprias a promover o controlo e prevenção do branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.
Comentários