Acidentes nas estradas portuguesas aumentaram no 1º semestre

Quanto às vítimas mortais, no primeiro semestre do ano registaram-se 220 mortos, menos 15 relativamente ao mesmo período do ano passado (235).

O número de acidentes nas estradas portuguesas aumentou nos primeiros seis meses do ano relativamente ao período homólogo, com um total de 63.357 desastres, mas registaram-se menos vítimas mortais, segundo dados oficiais.

De acordo com o último balanço da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), entre 01 de janeiro e 30 de junho deste ano registaram-se mais 2.403 acidentes do que no período homólogo.

Quanto às vítimas mortais, no primeiro semestre do ano registaram-se 220 mortos, menos 15 relativamente ao mesmo período do ano passado (235).

O número de feridos graves baixou no período homólogo para 862 (menos 141) e os feridos ligeiros caíram para 18.734 (menos 97).

O balanço da ANSR, que reúne dados da GNR e PSP, indica ainda que só na última semana do mês de junho (entre os dias 22 e 30), morreram nas estradas nove pessoas e 42 ficaram feridas com gravidade em acidentes.

O distrito com mais acidentes foi o de Lisboa (12.958), seguido do Porto (11.804), Braga (5.504), Aveiro (5.392) e Setúbal (5.042).

Quanto ao número de mortos, Setúbal foi o distrito com mais vítimas mortais (33), seguido de Lisboa (25), Porto (23), Leiria (18), Faro (16) e Aveiro, Braga e Viseu (13).

Nos feridos graves, o distrito que maior valor apresenta nos primeiros seis meses do ano é o de Lisboa (109), seguido de Santarém (98), Faro (86) e Porto (80).

No espaço de um ano (entre 01 de julho de 2017 e 30 de junho de 2018) o número de mortos nas estradas subiu para 495 (mais oito), enquanto o de feridos graves baixou para 2.057 (menos 122).

Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária dizem respeito aos mortos cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

Ler mais
Relacionadas

Requalificação do IP3 vai custar 134 milhões de euros e terminará em 2022

As obras de renovação da estrada que liga Coimbra a Viseu já arrancaram e só ficarão concluídas no final de 2022.

Prevenção Rodoviária Portuguesa revela que a cada dois dias morre um peão

Relatório indica dados relativos a atropelamentos entre 2010 e 2016 mostram que neste período morreram 1111 peões vítimas de atropelamento nas estradas portuguesas.
Recomendadas

Vistos gold: Investimento captado mais do que triplicou em julho para 98,2 milhões de euros

O investimento captado através dos vistos ‘gold’ mais do que triplicou (aumentou 276%) em julho, face ao período homólogo de 2018, para 98,2 milhões de euros, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF.

Número de viciados em jogo online aumentou mais de 8% em Portugal

No espaço de seis meses, 38.600 pessoas pediram para ser impedidas de jogar online, mais 3.200 pessoas face a 2018, uma subida de 8,3%.

Avião de carga aterrou de emergência no aeroporto do Porto  

Um avião de carga com dois tripulantes fez hoje uma “aterragem de emergência” em segurança no aeroporto do Porto devido a um “problema no motor”, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
Comentários