Aço e alumínio: Trump deixa União Europeia fora das tarifas

Imposição das tarifas referentes à importação de aço e alumínio vai isentar Europa, Austrália, Coreia do Sul, Argentina e Brasil, realçou hoje o representante norte-americano para o Comércio.

O presidente norte-americano, Donald Trump, optou por deixar de fora a União Europeia, Austrália, Argentina, Brasil e Coreia do Sul no que diz respeito ao aumento das taxas de importação de aço e alumínio.

As exportações de aço e alumínio provenientes da União Europeia vão beneficiar de isenções por parte da administração Trump, indicou hoje o representante comercial norte-americano, Robert Lightizer, perante um comité do Senado dos EUA.

Além disso, estas isenções, que inicialmente teriam um carácter temporário, também se vão aplicar a Argentina, Brasil, Austrália e Coreia do Sul.

“A ideia do presidente é que, em função de uma série de critérios, alguns países fiquem de fora”, realçou Robert Lightizer, recordando que os EUA estão a negociar com alguns países. “O que foi decidido foi travar a imposição de tarifas relativamente a estes países”.

 

Relacionadas

Só o Canadá e o México vão ficar livres das “tarifas que ameaçam o comércio”, diz relatório

Previsões apontam que as novas tarifas sugeridas pelos Estados Unidos sobre as importações de aço e alumínio podem conduzir a uma guerra comercial global.

União Europeia espera ficar isenta de taxas norte-americanas sobre aço e alumínio

A comissária europeia para o Comércio, Cecilia Malmstrom, disse hoje esperar que a União Europeia (UE) “no seu todo” integre a lista de países e regiões que ficarão isentas das taxas alfandegárias sobre o alumínio e aço.

Guerra comercial passou de risco baixo para proeminente, diz presidente da Fed

Na primeira conferência de imprensa à frente da Reserva Federal, Jerome Powell afirmou que os membros do comité do banco central expressaram que a imposição de tarifas às importações tornou-se numa fonte de preocupação para os líderes empresariais.

Ministro alemão diz que é possível uma solução entre UE e EUA sobre tarifas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, promulgou no passado dia 8 a imposição de taxas de 25% às importações de aço e de 10% às de alumínio, mas isentou provisoriamente o Canadá e o México.
Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários