PremiumAdvogados de Amorim estão do lado do comprador e do vendedor

O escritório de advogados liderado por André Luiz Gomes está sob fogo na disputa pela Herdade da Comporta.

A firma assessora um dos interessados na Comporta, o grupo liderado por Paula Amorim, mas também presta assessoria jurídica a João Espírito Santo de Brito e Cunha, um dos participantes do fundo dono da Herdade, por via de uma das suas advogadas.

Esta situação está a ser apontada, nos bastidores do negócio, como potenciadora de um eventual conflito de interesses, devido ao facto de a firma de André Luiz Gomes estar em simultâneo do lado do comprador e de um dos vendedores. De acordo com o artigo n.º 99 do Estatuto da Ordem dos Advogados (EOA),  um advogado “não pode aconselhar, representar ou agir por conta de dois ou mais clientes, no mesmo assunto ou em assunto conexo, se existir conflito de interesses desses clientes”. Sendo que, neste caso, está em causa uma sociedade e não um advogado em particular.

 

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Portugal é o mercado externo mais atrativo para as sociedades de advogados de Espanha

Portugal é visto como um lugar prioritário e de elevado crescimento para as sociedades de advogados do país vizinho, em especial os da área jurídica, com as cidades de Lisboa e Porto a serem as mais procuradas.

Indico Capital captou 1,1 milhões de euros para a EatTasty com assessoria da Cuatrecasas

A Cuatrecasas assessorou a Indico Capital Partners no fecho de uma ronda de investimento seed (fase inicial) para a startup EatTasty, no valor de 1,1 milhões de euros.

Novas regras no sector imobiliário

Assiste-se a um aumento da burocracia e da responsabilidade das “Entidades Imobiliárias” que se vêem obrigadas elas próprias a promover o controlo e prevenção do branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.
Comentários