Albuquerque critica cerco do governo das esquerdas à Madeira promovido por aliados na Região

O presidente do PSD Madeira afirma que a Madeira sofre de bipolaridade política em que os sociais democratas “defendem a Região Autónoma” e a oposição “defende Lisboa” num “projecto de tomada de poder”.

O presidente do PSD Madeira, Miguel Albuquerque, criticou o cerco promovido pelo governo das esquerdas à madeira que diz ter apoio de aliados na Região, durante um encontro com militantes em São Martinho.

No entender de Albuquerque a Madeira tem vindo a sofrer de um quadro de bipolaridade política em que o PSD “defende os interesses dos madeirenses e porto-santenses” e em que a oposição “defende Lisboa, a subordinação dos interesses da Madeira, num projeto de tomada de poder”.

O presidente do sociais democratas madeirenses critica por isso “o cerco” que tem sido efectuado pelo Governo das Esquerdas uma situação que tem tido “o apoio de aliados” na Região. Entre os exemplos citados por Albuquerque está o voto do PS contra a revisão do subsídio de mobilidade aérea, os 30 milhões prometidos para auxílio aos incêndios de 2016 e ainda a nova Lei das Finanças Locais.

“O que temos assistido tem sido a situações absolutamente caricatas. Recentemente a situação do PS ter votado, com os seus deputados eleitos pela Madeira, contra a resolução que impõe que o Estado assegure que os madeirenses paguem apenas os 86 euros para residentes e 65 euros para os estudantes”, afirmou Albuquerque.

Quanto à nova Lei das Finanças Locais o social democrata defendeu que constitui “uma violação grosseira dos poderes autonómicos”.

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários