Alto quadro de Pyongyang parte de Pequim rumo aos Estados Unidos

Um alto quadro do regime norte-coreano chegou esta quarta-feira de carro ao aeroporto de Pequim, de onde deve partir para os Estados Unidos, para preparar a histórica cimeira entre os líderes dos dois países.

coreia d O general Kim Yong-chol, considerado o “braço direito” do líder norte-coreano, Kim Jong-un, é esperado em Nova Iorque, segundo anunciou na terça-feira o Presidente dos EUA, Donald Trump.

Trata-se da primeira visita de um alto quadro de Pyongyang aos EUA desde 2000, quando o militar Jo Myong-rok reuniu com o então Presidente Bill Clinton.

Kim Yong-chol, que é também diretor do Departamento da Frente Unida, é uma das figuras do regime norte-coreano atingida pelas sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU e pelo Departamento do Tesouro norte-americano.

Donald Trump chegou a cancelar a cimeira com Kim Jong-un, na passada sexta-feira, mas voltou atrás após várias mensagens conciliadoras com Pyongyang.

A confirmar-se, será a primeira reunião de sempre entre os líderes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte.

No ano passado, a tensão entre Pyongyang e Washington atingiu níveis inéditos desde o fim da Guerra da Coreia (1950-53), na sequência dos sucessivos testes nucleares e de misseis balísticos realizados por Pyongyang, e à retórica belicista de Trump.

No entanto, desde o início do ano que Kim Jong-un tem procurado uma solução diplomática, e o regime procedeu já ao desmantelamento de infraestruturas numa central nuclear, processo efetuado na presença de cerca de 20 jornalistas de cinco países: Coreia do Sul, China, Estados Unidos, Rússia e Reino Unido.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários