Andrés Obrador e Donald Trump discutem redução da migração na fronteira entre México e EUA

O presidente eleito do México, Andrés Manuel Lopez Obrador, propôs na segunda-feira ao homólogo dos Estados Unidos, Donald Trump, um plano para criação de empregos naquele país, “reduzir a migração” e “melhorar a segurança” na fronteira.

REUTERS/Mike Blake

O presidente eleito do México, Andrés Manuel Lopez Obrador, propôs na segunda-feira ao homólogo dos Estados Unidos, Donald Trump, um plano para criação de empregos naquele país, “reduzir a migração” e “melhorar a segurança” na fronteira.

“Recebi um telefonema de Donald Trump, conversámos por meia hora e sugeri que ele considerasse um acordo global: projetos de desenvolvimento que criam empregos no México e, ao mesmo tempo, reduzir a migração e melhorar a segurança “, escreveu o novo Presidente mexicano na rede social Twitter.

Trump afirmara pouco antes que tinha tido uma “boa conversa” com Lopez Obrador, prevendo um “bom relacionamento” no futuro. “Acho que ele nos vai tentar ajudar na fronteira”, acrescentou.

Obrador, de 64 anos, obteve uma vitória histórica do domingo nas eleições presidenciais mexicanas, ao garantir mais de 52,9% dos votos. “Há muito a fazer pelo bem dos Estados Unidos e do México!”, publicou Donald Trump, também no Twitter, após o anúncio da vitória histórica de Lopemruz Obrador, que assegurou mais tarde que queria uma relação de “amizade e cooperação” com os Estados Unidos.

O presidente norte-americano acusou repetidamente o México de “não fazer nada” para impedir que imigrantes centro-americanos chegassem à fronteira com os Estados Unidos, e prometeu construir um muro para impedir a imigração ilegal.

Relacionadas

México: Obrador, o “político de alto risco” que promete enfrentar Trump

O esquerdista Andrés Obrador lidera as sondagens no México. Autonomeado “político de alto risco”, o candidato propõe-se a iniciar uma transformação democrática no país e promete fazer frente aos EUA no que toca à imigração e comércio.

Peso mexicano vacila após vitória de Andrés Obrador nas eleições

A moeda está a desvalorizar face ao euro e ao dólar. O México elegeu o político Andrés Manuel López Obrador como novo presidente, com mais de 50% dos votos.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários