Ángeles e UBS livram-se de ações da ES Saúde

O grupo mexicano Ángeles e a UBS alienaram quase todas as ações que detinham na Espírito Santo Saúde, empresa adquirida pela Fidelidade, segundo informação prestada ao mercado. Na semana passada, a Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pela Fidelidade sobre a Espírito Santo Saúde (ES Saúde) conseguiu captar um total de 96,065% do capital social […]

O grupo mexicano Ángeles e a UBS alienaram quase todas as ações que detinham na Espírito Santo Saúde, empresa adquirida pela Fidelidade, segundo informação prestada ao mercado.

Na semana passada, a Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pela Fidelidade sobre a Espírito Santo Saúde (ES Saúde) conseguiu captar um total de 96,065% do capital social da empresa.

Em resultado desta OPA, o grupo mexicano Ángeles informou, num comunicado divulgado pela Comissão de Mercado e de Valores Mobiliários (CMVM), que vendeu as ações que detinha na Espírito Santo Saúde (ES Saúde): 6.660.147 ações, representativas de 6,97% do capital.

“Em face das referidas alienações, a Ángeles deixou de deter e deixaram de lhe ser imputáveis qualquer participação e direitos de voto na ES Saúde”, refere o comunicado.

Também a UBS informa que “caiu abaixo do limiar reportável de 2% do capital social e dos direitos de voto da ES Saúde”. Na informação divulgada pela CMVM, a UBS dá conta de que agora detém 8.605 ações, que representam 0,01% do capital social da empresa.

A Ángeles anunciou em meados de agosto uma OPA à ES Sáude, oferecendo inicialmente 4,30 euros por ação. Depois do anúncio, o grupo mexicano comprou várias ações, atingindo 6,97% do capital da empresa. No entanto, a Ángeles acabou por desistir da OPA, quando a Fidelidade apresentou uma oferta concorrente, com uma contrapartida de 4,82 euros por ação – valor que o grupo mexicano não considerou ser justo.

Na semana passada, contando com as ações que a Fidelidade já detinha, o grupo segurador, agora controlado pelos chineses da Fosun, passou a ter uma participação total de 96,067% do capital social da ES Saúde (91.784.436 ações), a que corresponde um investimento de 459,8 milhões de euros (5,01 euros por ação).

Além da Ángeles, também a OPA da José de Mello Saúde e a proposta da UnitedHealth Group, que foi feita diretamente à Rioforte para um negócio a realizar fora de bolsa, ficaram sem efeito.

 

OJE/Lusa

Ler mais

Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.