Ansiedade e stress: o que a obtenção, posse e câmbio de dinheiro podem causar a quem viaja

Estudo Global Travel Intentions da Visa conclui que o transporte de dinheiro físico pode estar associado a preocupações em viagens no estrangeiro.

A Visa anunciou os resultados da rede de pagamentos no que diz respeito a viagens e turismo, em 2017. O Global Travel Intentions (GTI) foi conduzido em conjunto com a empresa de pesquisa e business intelligence ORC International e angariou dados de 12.400 entrevistados em 27 mercados – entre os quais Reino Unido, França e Alemanha – três dos maiores mercados emissores do turismo português de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O estudo da Visa também destaca vários aspetos da jornada dos viajantes e concluiu que a obtenção, posse e câmbio de dinheiro podem originar ansiedade e stress.

Neste sentido e, de acordo com o Estudo Global Travel Intentions, os viajantes alemães gastam uma média de 1.152 euros em viagens no estrangeiro, abaixo da média global de 1.465 euros, mas superior aos 1.052 euros gastos por turistas britânicos por viagem ou aos 959 euros desembolsados por viajantes franceses, estes últimos em linha com a média europeia.

O estudo mostra que os viajantes recorrem cada vez mais à tecnologia para planear as suas viagens e navegar nos seus destinos – 83% dos viajantes usaram tecnologia para este propósito em 2017, em comparação com 78% em 2015. O relatório também destaca vários aspetos da jornada dos viajantes e concluiu que um motivador-chave para a viagem é o alívio do stress.

Os pagamentos móveis também estão a aumentar, especialmente na Europa, onde os mesmos dispararam. De acordo com o Estudo Digital Payments da Visa realizado em 2017, o número de consumidores que usam regularmente um dispositivo móvel para fazer pagamentos triplicou nesse ano em comparação com o anterior e a tendência continua.

Recomendadas

Saiba quais as medidas de segurança nos locais destinados à dança

É obrigatório ter serviço de vigilância com recurso a segurança privada, aplicável obrigatoriamente em espaços com lotação igual ou superior a 200 pessoas.

Está à procura de um sítio para ficar estas férias? Deco sugere Eco Hotel

Ao estar a selecionar a opção de ficar num alojamento Ecológico, está também a contribuir para garantir mais sustentabilidade e um meio ambiente muito melhor.
Comentários