Antigo vice-diretor do FBI Andrew McCabe despedido a dois dias da reforma

A decisão foi tomada pelo Procurador-Geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, esta sexta-feira. Donald Trump celebrou no Twitter, dizendo que é “um grande dia para a democracia”.

O ex-vice-diretor do FBI Andrew McCabe, que renunciou ao cargo em janeiro mas continuou como funcionário da autoridade norte-americana, foi despedido, esta sexta-feira à noite. A decisão foi tomada pelo Procurador-Geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, a apenas dois dias de McCabe se reformar.

“Andrew McCabe DESPEDIDO, é um grande dia para os homens e mulheres trabalhadores do FBI – um grande dia para a democracia”, escreveu o presidente Donald Trump, no Twitter. “O hipócrita James Comey era o chefe dele e fez com que McCabe parecesse um menino de coro. Ele sabia tudo sobre as mentiras e a corrupção nos mais altos níveis do FBI”, acrescentou.

A demissão foi anunciada a apenas dois dias de McCabe completar 50 anos e ter acesso ao valor integral da reforma. Assim, vai sofrer um corte significativo. “Esta é a realidade: estou a ser isolado e tratado desta maneira pelo papel que tive, pelas decisões que tomei e pelo que presenciei após a demissão de James Comey”, reagiu McCabe num comunicado citado pelas agências internacionais.

Desde 2016, que McCabe tem sido alvo de críticas e acusações de parcialidade a favor dos democratas por parte do presidente dos EUA  Trump e de outros republicanos. Entre maio e agosto do ano passado, McCabe dirigiu interinamente o FBI entre maio e agosto de 2017, após Trump demitir Comey e antes da nomeação do atual diretor, Christopher Wray.

No entanto, acabou por ser despedido por ter apoiado a investigação à ingerência russa nas últimas eleições presidenciais no país. “[O despedimento] faz parte de um esforço sem precedentes da administração, dirigido pelo próprio presidente, para me afastar do cargo, destruir a minha reputação e possivelmente tirar-se a reforma, pela qual trabalhei por 21 anos”, acrescentou McCabe.

Ler mais
Relacionadas

‘Número dois’ do FBI demite-se após críticas de Donald Trump

Nos últimos meses, Andrew McCabe esteve no centro de tensões entre a Casa Branca e o FBI, agência várias vezes criticada pelo presidente dos Estados Unidos.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários