António Mexia diz que “a EDP está a viver do crescimento das renováveis e do Brasil”

A elétrica “está a viver do seu crescimento nas renováveis e no Brasil”, cujo impacto só não foi maior por questões cambiais, realçando o impacto negativo de medidas regulatórias em Portugal, revela a o CEO da EDP à Lusa.

Cristina Bernardo

O presidente da EDP, António Mexia, afirmou nesta quinta-feira, em declarações à Lusa, que “a EDP está a viver do crescimento das renováveis [EDP Renováveis] e do Brasil”, referindo que o impacto só não foi maior por razões cambiais, isto é, a desvalorização do dólar – já que os EUA são o principal mercado da EDP Renováveis – e do real”.

A EDP fechou o primeiro semestre com um lucro de 380 milhões de euros, um recuo de 16% face aos 450 milhões registados no mesmo período do ano passado, mas, sem o impacto de efeitos não recorrentes, nomeadamente a CESE – contribuição extraordinária para o setor da energia e o corte no ajustamento final dos CMEC, teria subido 5% para 457 milhões de euros.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários