Assembleia da Madeira debate agricultura com Governo Regional

O debate mensal entre executivo e assembleia regional surge depois de na semana passada o CDS-PP ter pedido uma audição ao secretário da tutela relativamente a assuntos como os seguros das colheitas.

Decorre esta quinta-feira o debate mensal entre o executivo madeirense e a Assembleia Legislativa da Madeira tendo como tema a agricultura.

Este debate vai surgir numa altura em que o CDS-PP pediu, na semana passada, uma audição ao secretário regional da Agricultura e Pescas, Humberto Vasconcelos, para prestar esclarecimentos sobre os seguros de colheita, a abertura de uma linha de crédito para apoio aos danos causados pelo temporal e a atribuição de cheques para pesticidas e fertilizantes.

Se analisarmos o panorama do sector, em termos estatísticos, verifica-se que a batata e a batata-doce tiveram quebras em volume de produção, entre 2015 e 2016, enquanto a cana-de-açúcar, registou um crescimento de 22,5% na sua produção em 2016, de acordo com a Direção Regional de Estatística (DREM).

A banana registou também um crescimento, em 2016, enquanto que na uva verifica-se que a maior parte da produção (81,7%) continua a ser de tinta negra mole.

Os dados da Conta Económica da Agricultura Regionais referem que a produção do ramo agrícola fixou-se em 104,4 milhões de euros, em 2015, um aumento de 14% face ao período homólogo.

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários