Autarquias contratam número recorde de estagiários

O número de estagiários bateu o recorde da primeira edição, tendo ficado a trabalhar no local de estágio 35,7% dos 1.410 jovens que participaram no programa PEPAL.

Stefan Wermuth/Reuters
Seja persistente e exigente.

Mais de 500 estagiários conseguiram um lugar na administração local, depois de terem participado na última edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local (PEPAL). O número de estagiários bateu o recorde da primeira edição, tendo ficado a trabalhar no local de estágio 35,7% dos 1.410 jovens que participaram no programa PEPAL, avança o “Jornal de Negócios”.

Os dados da Secretaria de Estado das Autarquias Locais mostram que, ao todo, foram contratados no final do programa 504 jovens para trabalhar em câmaras municipais ou juntas de freguesia. Os números superam os registados em 2007, primeiro ano do programa, em que acabaram por ser contratados 424 estagiários de um total de 1.227, ou seja, 34,5% dos participantes.

O secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, explica que o PEPAL é “um instrumento privilegiado de apoio à transição dos jovens do sistema de ensino e formação profissional para o mercado de trabalho, visando a sua qualificação e aumentar o seu perfil de empregabilidade”. O Governo anunciou na semana passada a reativação do PEPAL através da abertura de 40 vagas.

Estes estágios são destinados a jovens até aos 29 anos (ou 35 anos, se tiverem deficiência ou incapacidade), com cursos tecnológicos ou recém-licenciados.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários