Autor
André Cabrita-Mendes
amendes@jornaleconomico.pt
Artigos

Marcelo aprova aumentos de 700 euros para juízes, mas critica fosso salarial face aos polícias e militares

Marcelo Rebelo de Sousa destaca que os juízes, e membros de autoridades reguladoras e de supervisão a entidades públicas empresariais e empresas públicas, passando por outras entidades administrativas, já estão com salários mais elevados do que o primeiro-ministro. O Presidente exige que a desigualdade salarial seja “encarada na próxima legislatura”.

Especialistas defendem aprovação da requisição civil pelo Governo antes da greve dos motoristas

Por o setor dos combustíveis ser transversal a muitos setores económicos, especialista em legislação laboral defendem que o Governo pode avançar para a requisição civil antes da greve, tal como aconteceu na TAP em 2014.

Sindicato de motoristas: “Desconvocar uma greve com uma mão cheia de nada é impensável”

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) veio a público rejeitar desconvocar a greve dos motoristas marcada para 12 de agosto. “Desconvocar uma greve com uma mão cheia de nada é impensável”, disse o vice-presidente do SNMMP esta terça-feira, 6 de agosto, à TSF. “É sempre possível [desconvocar a greve], mas não da […]

Motoristas: Governo acredita que greve ainda pode ser cancelada

Pedro Nuno Santos deixou a porta aberta aos sindicatos para voltarem à mesa de negociações até ao dia 12 de agosto. Se a greve avançar, Governo está preparado para “minorar” os seus impactos.

ANTRAM: “Sindicato não tem outra vontade que não a greve”

O vice-presidente de um dos sindicatos que marcaram greve considera que a bola está do lado dos patrões, e lançou um ultimato à Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), com o prazo a terminar na sexta-feira para a apresentação de propostas.

Motoristas rejeitam mediação do Governo. Greve mantém-se. ANTRAM tem até sexta-feira para responder

Sindicatos querem uma resposta da ANTRAM às suas propostas até sexta-feira, mas patrões garantem que não pretendem negociar com os dois sindicatos, enquanto a greve estiver marcada.
Ver mais artigos