Autor
Vítor Norinha
vnorinha@jornaleconomico.pt
Artigos

“Setores sujeitos a mediatismo valorizam os danos patrimoniais”

Os danos patrimoniais como cobertura complementar é cada vez mais valorizado por empresas sujeitas a grande mediatismo como a banca, saúde e advocacia, afirma André Vicente da corretora de seguros MDS.

Reputação demora anos a construir e desaparece em segundos

O que pode significar um dano reputacional para uma empresa ou um gestor; e ainda os riscos associados à proteção de dados ou à manipulação à distância de um equipamento médico; ou ainda um processo de fusão e aquisição. São questões às quais vários especialistas vão responder.

O PSD não morreu

O PSD que antecipamos venha a nascer em 2020 é um partido que não irá renegar o passado, as heranças de Sá Carneiro, Cavaco Silva, Durão Barroso e Passos Coelho.

Fundos de pensões nacionais rendem 1,5% no segundo trimestre

Tomás Cabral da Câmara, consultor na Willis Towers Watson, explica ainda que “os fundos de obrigações que investem em obrigações de longo prazo obtiveram rendibilidades superiores e entraram na casa dos 8%”

Danos reputacionais são prioridade no mundo. Em Portugal ainda não

Imagine um ataque cyber, um dano ambiental, uma operação de M&A (fusões e aquisições) e uma declaração de um diretor, um administrador, ou até de um mero colaborador de empresa.

Política sem dramatismo

Tudo indica que o “costismo” tem pernas para continuar mais uma legislatura de forma folgada. E até se pode antecipar uma nova geringonça menos intrusiva com o PAN e, porque não, com a Aliança.
Ver mais artigos