Autoridades resgatam 140 imigrantes na costa espanhola

O grupo de Salvamento Marítimo espanhol informou que foram resgatados, na madrugada e manhã de hoje, 140 imigrantes que viajavam em cinco barcos no Estreito de Gibraltar, tendo sido levados para os portos de Tarifa e Barbate, no sul de Espanha.

O primeiro resgate foi feito às 03:15 (hora local, 02:15 em Lisboa) de seis pessoas – cinco homens e uma mulher – que viajavam numa embarcação e que foram levados para o porto de Barbate, segundo informou o serviço de emergências.

Também foram levados para Barbate duas outras embarcações resgatadas, com cerca de 50 pessoas a bordo em cada um dos barcos.

Neste caso, o serviço de emergência recebeu a chamada de aviso pouco antes da 05:30 (hora local, 04:30 em Lisboa) e ativou os serviços da Guarda Civil, da Polícia Nacional e a Cruz Vermelha.

Entre às 07:00 e 08:00 (hora local, 06:00 e 07:00 em Lisboa), o Salvamento Marítimo informou ao serviço de emergências o resgate de outras duas embarcações com 34 pessoas a bordo.

Na primeira viajavam dez homens e duas mulheres e, na segunda, estavam 22 pessoas.

O serviço de emergência ativou a Guarda Civil e a Cruz Vermelha para receberem os imigrantes no porto de Tarifa.

No sábado, foram resgatadas nas costas da Andaluzia outras 202 pessoas que viajavam em seis barcos.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários