Balcão móvel da CGD não terá operações em dinheiro

Balcão móvel vai permitir os serviços bancários que não envolvem dinheiro, como simular operações de crédito ou atualizar dados. Ficará excluído dos serviços, o acesso ao levantamento da reforma.

A carrinha da Caixa Geral de Depósitos (CGD) que irá servir as populações de localidades sem agências do banco público vai arrancar no fim do mês, contudo não terá serviços de depósitos nem levantamentos de dinheiro.

O balcão móvel vai permitir os serviços bancários que não envolvem dinheiro, como simular operações de crédito, atualizar dados, pedir emissão de cartões ou fazer pagamentos através do terminal do MB Spot, divulgou o diretor de comunicação da CGD, Francisco Viana, esta quarta-feira, segundo a Lusa.

Ficará assim excluído dos serviços, o acesso ao levantamento da reforma, por exemplo neste balcão.

Segundo Francisco Viana, as limitações das operações prendem-se com questões de segurança, sendo que o balcão móvel irá contar com a participação de um trabalhador da CGD mais próxima da localidade onde está a operar em determinado dia, assim como de um vigilante de uma empresa privada.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários