Banco de Portugal obrigado a reavaliar carteira de créditos do antigo BPN que está na Parvalorem

Esta decisão foi tomada depois de ter sido detetado um crédito concedido pelo BPN à Cofina – que detém os jornais “Correio da Manhã” e “Record” e o canal de televisão “CMTV” –, que transitou para a Parvalorem e que já foi pago.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

O Banco de Portugal vai voltar a fiscalizar a carteira de crédito do antigo Banco Português de Negócios (BPN) que o Estado transferiu em 2012 para a Parvalorem, uma entidade pública criada para gerir activos tóxicos e que não está autorizada a executar operações bancárias, noticia o jornal “Público”.

Esta decisão foi tomada depois de ter sido detetado um crédito concedido pelo BPN à Cofina – que detém os jornais “Correio da Manhã” e “Record” e o canal de televisão “CMTV” –, que transitou para a Parvalorem e que já foi pago.

Na edição desta segunda-feira, 28 de maio, o diário informa que confrontou o Banco de Portugal com a existência deste crédito, “que escapou ao radar do supervisor”. A falha foi justificada “com o facto de [o Banco de Portugal] apenas avaliar a carteira da Parvalorem por amostragem”, refere o jornal.

Esta situação vai levar o Banco de Portugal a reavaliar 739 milhões de euros de créditos que se encontram na Parvalorem.

Relacionadas

Respostas Rápidas: Quanto é que a banca já custou aos bolsos dos contribuintes?

A fatura total dos portugueses com a crise e em nome da estabilização do sistema financeiro ascende a 17,1 mil milhões (desde 2007), quase 9% do PIB a preços atuais. A estimativa é do DN e aponta para um gigantesco volume de apoios financeiros em 10 anos, desde 2007. Saiba o que está em causa.

Oito entidades financeiras já têm solução da Novabase para reportar ao Banco de Portugal

Bankinter, EuroBic, Novo Banco, Parvalorem, Wizink, Millennium bcp, Cofidis e Banco CTT escolheram a Symetria, a ferramenta de ‘reporting’ à Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal.

Ministério Público pede prisão para arguidos do caso BPN

Nas suas alegações finais, o procurador João paulo Rodrigues pediu que fosse aplicada pena de prisão efetiva a todos os arguidos do caso BPN. A medida da pena foi deixada ao critério do coletivo de juizes.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários