BCP perde 98,3 milhões de euros até setembro

O resultado líquido do Millennium bcp é negativo de 98,3 milhões de euros até setembro, o que compara com 597 milhões de euros negativos no período homólogo. No 3º trimestre, o resultado líquido consolidado foi negativo em 36 milhões de euros. Neste trimestre, refere a instituição, que antecipou para hoje a divulgação de resultados, que […]

O resultado líquido do Millennium bcp é negativo de 98,3 milhões de euros até setembro, o que compara com 597 milhões de euros negativos no período homólogo. No 3º trimestre, o resultado líquido consolidado foi negativo em 36 milhões de euros. Neste trimestre, refere a instituição, que antecipou para hoje a divulgação de resultados, que estão incorporados os impactos contabilísticos do AQR, da venda no trimestre de parte da carteira de dívida pública portuguesa e do reconhecimento de ativos por impostos diferidos.

As operações internacionais tiveram uma contribuição altamente positiva para o resultado. Excluindo a Roménia, o resultado líquido consolidado da área externa foi de 152 milhões de euros, mais 15,1% do que no período homólogo.

O produto bancário melhorou em todas as geografias, com um crescimento de 37% em termos homólogos, justificado pela melhoria da margem financeiro que voltou a registou o melhor trimestre desde a emissão de CoCos em junho de 2012. Adianta o banco que se registou cortes adicionais nos custos operacionais consolidados, com menos 3,4% em face dos primeiros nove meses de 2013. Neste exercício registou-se uma redução de 8,% dos custos com pessoal em Portugal, e que já inclui o impacto da redução temporária dos salários.
Um outro ponto relevado pelo banco foi a redução em cerca de um terço de novas entradas líquidas em “non performance loans”, o que significa que o banco está a conseguir manter o objetivo de redução sustentada do custo do risco, “apesar do impacto excecional dos AQR no nível do aprovisionamento”.

Por Vítor Norinha e Carlos Caldeira

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.