‘Bebé Trump’ será visto nos céus de Londres. “Protesto pacífico” promete tornar-se viral

O protesto faz parte de uma série de iniciativas que pretendem marcar a reserva de muitos britânicos em relação ao presidente norte-americano e à sua visita ao país, a 13 de julho.

O mayor de Londres deu permissão, segundo o site ‘Business Insider’, para que um balão com cerca de seis metros de altura e mostrando Donald Trump como um bebé irritado possa sobrevoar a cidade de Londres quando o verdadeiro presidente norte-americano visitar a cidade, no final deste mês.

Sadiq Khan, muçulmano, afirmou, segundo o referido site, que o acontecimento é um símbolo e um “protesto pacífico depois que ter dado a sua permissão para o inesperado pedido. O plano é suspender o balão por cima da rua do Parlamento, nas vizinhanças do próprio parlamento britânico e do Big Ben, quando Trump aí chegar, a 13 de julho.

Foi lançada uma página de crowdfunding para financiar o projeto, que descreve Trump como “um bebé grande e irritado, com um ego frágil e mãos pequenas”. A campanha arrecadou mais de 16 mil libras, mais de 18 mil euros.

A página também descreve Trump como “um demagogo racista, que é um perigo para as mulheres, imigrantes e minorias e uma ameaça mortal à paz mundial e ao próprio futuro da vida na Terra. Mas ele realmente parece detestar que as pessoas se riam dele”.

O jornal londrino ‘Evening Standard’ publicou uma declaração de um porta-voz do mayor, segundo o qual Khan “apoia o direito ao protesto pacífico e entende que isso pode assumir muitas formas diferentes”.

“A sua equipa encontrou-se com os organizadores e deu-lhes permissão para usarem o Parliament Square Garden como ponto de partida para o balão dirigível”, disse. Mesmo que o voo tenha de obedecer a restrições: o balão não pode voar a mais de 30 metros do chão e está sujeito a autorização da Polícia Metropolitana e das autoridades de tráfego aéreo do Reino Unido.

Os responsáveis pelo protesto disseram que o objetivo do balão era “garantir que [Trump] soubesse que toda a Grã-Bretanha está a olhar e a rir-se dele”. Aqueles que contribuíram para a campanha obtiveram réplicas em pequeno tamanho do balão.

O grupo diz que, agora, quer arrecadar dinheiro suficiente (em ‘Trump Baby World Tour’) “para conseguir que ‘TrumpBaby’ siga o verdadeiro Donald por todo o mundo, assombrando os seus compromissos diplomáticos onde quer que ele vá!”

O balão é apenas um dos protestos que vão marcar a visita de Trump ao Reino Unido, onde está incluída uma marcha denominada ‘Stop Trump’, em que os organizadores dizem esperar cerca de 50 mil pessoas no centro de Londres.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários