Brexit chega ao desporto: Jogadores querem ser pagos em euros

De acordo com o Financial Times, os jogadores europeus contratados por equipas inglesas estão a pedir para serem pagos em euros em vez de libras, por causa da desvalorização da moeda britânica face à da União Europeia.

Os principais jogadores europeus contratados por clubes ingleses preferem ser pagos em euros ao invés de em libras, o que está a afetar o mercado de transferências dos clubes britânicos, avança o Financial Times (FT).

Citando Cliff Baty, responsável financeiro do Manchester United (recentemente coroado pela KPMG como o clube mais valioso do mundo), o FT diz que a desvalorização da libra face ao euro tem complicado a transferência de novos jogadores: “No ano passado foi complicado, quando, durante as negociações de novos contratos, tínhamos jogadores a questionar o valor de serem pagos em libras”. Baty acrescentou ainda que “muitos jogadores europeus querem ser pagos em euros, o que é compreensível, até certo ponto, mas nós somos uma empresa que trabalha com libras [e] gerir isso é muito complicado.

Apesar de os maiores clubes receberem em euros as suas participações nas competições da UEFA e os patrocínios de marcas estrangeiras em dólares, Baty diz que o seu clube não tem euros disponíveis para aceder a estes pedidos, insistindo que os seus jogadores sejam pagos em libras.

O FT relata o caso de Zlatan Ibrahimovic, contratado pelo Manchester United no verão passado, já depois do referendo inglês. O valor do seu salário, cerca de 220 mil libras semanais, valia, na altura, cerca de 10% menos face ao dólar do que antes do referendo. Isso não fez o avançado sueco desistir do negócio, mas Baty revela que outros jogadores já questionaram a política de pagamento do Manchester United: “É uma pergunta compreensível e que ajuda [os jogadores] a compreender como serão pagos.” E acrescenta: “Não vamos perder contratações por causa desta questão. Apenas torna as nossas finanças mais complicadas.”

Recomendadas

Arranca hoje a corrida do FC Porto pela Champions de olho em encaixe de 44 milhões

Sérgio Conceição e os seus homens estão a, pelo menos, 360 minutos de distância de poderem engordar a conta bancária dos azuis e brancos de forma generosa. Este encaixe financeiro é visto como fundamental pela SAD portista. 

Benfica celebra parceria com Placard por três anos

O Sport Lisboa e Benfica acaba de celebrar uma parceria com o Placard.pt que, nos próximos três anos, será o patrocinador oficial de apostas desportivas do clube. Segundo um comunicado do clube da Luz, “o Placard.pt marcará presença relevante tanto no ‘site’ oficial, como nas várias plataformas digitais do Benfica, sendo que ambas as entidades […]

Estádio do Estrela da Amadora na Reboleira vai a leilão por seis milhões de euros

No decorrer de um processo de insolvência do Estrela da Amadora, foi fundado um novo clube, o Clube Desportivo Estrela, que usa as instalações da Reboleira.
Comentários