Brisa aumenta proveitos em 7,7% no primeiro semestre

As receitas de portagem da concessionária liderada por Vasco de Mello subiram 6,2% no primeiro semestre de 2018, para 267,3 milhões de euros. O resultado líquido da Brisa aumentou 27,3%.

O resultado líquido da Brisa aumentou 27,3%, atingindo 62 milhões de euros, suportado pelo aumento das receitas de portagens e das áreas de serviço, associado ao controlo dos custos operacionais e financeiros”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A BCR – Brisa Concessão Rodoviária aumentou no primeiro semestre deste ano os proveitos operacionais em 7,7%, de 257,7 para 277,6 milhões de euros.

O EBITDA da concessionária de autoestradas liderada por Vasco de Mello subiu 8,8% em relação ao período homólogo, de 193 para 210 milhões de euros.

O TMD (tráfego médio diário) na rede principal da Brisa subiu 4,1% na primeira metade deste ano, em comparação com o primeiro semestre de 2017, sendo que, sem o efeito do calendário e outros, teria aumentado 4,5%.

As receitas de portagem da BCR subiram 6,2% no período em análise, para 267,3 milhões de euros.

Mais relevante, são as receitas das áreas de serviço da rede principal da Brisa, que subiram 127,1%, de 3,4 para 7,6 milhões de euros.

Em junho, a divida líquida da Brisa situou-se nos 1.979 milhões de euros, que compara com 2.107 milhões de euros registados no mesmo mês do ano anterior.

(atualizada)

 

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários