Capacidade de financiamento da Administração Pública da Madeira desce 148,3 milhões de euros

Esta descida deve-se à quebra das receitas fiscais, em particular do IRC, explica a Direcção Regional de Estatística (DREM). A dívida bruta da Administração Pública Regional da Madeira teve um aumento de 13,6 milhões de euros em 2017.

A capacidade de financiamento da Administração Pública Regional da Madeira desceu cerca de 148,3 milhões de euros entre 2016 e 2017 de acordo com os dados da Direcção Regional de Estatística (DREM).

Em 2017 a capacidade de financiamento da Administração Pública da Madeira ficou nos 85,2 milhões de euros o que representa uma descida substancial se comparado com os 233,5 milhões de euros alcançados em 2016.

Esta descida deveu-se em “boa medida” pela quebra nas receitas fiscais, em particular do IRC, explica a DREM.

O resultado alcançado em 2017 pode ser equiparado aos 83,6 milhões de euros de 2013. Entre 2014 e 2016 a capacidade de financiamento da Administração Pública Regional esteve acima dos 100 milhões de euros.

A DREM diz ainda que entre 2016 e 2017 existiu uma subida da dívida bruta na Administração Pública Regional dos 4852 milhões de euros para os 4866 milhões de euros. Este organismo refere que esta subida de 13,6 milhões de euros se justifica pelo impacto da operação de reestruturação dos contractos swaps com o BSR.

De salientar que o Instituto Nacional de Estatística (INE) envia para o Eurostat, até ao final de março, a primeira notificação de 2018 relativa ao procedimento dos défices excessivos de 2017.

Ler mais
Relacionadas

“Madeira contribui positivamente para o desagravamento do défice de Portugal”

Vice-presidente do Governo Regional aponta os indicadores económicos publicados, esta segunda-feira, pelo INE como uma prova de que o primeiro-ministro estava enganado em relação às contas regionais.
Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários