CDS-PP diz que é preciso acabar com o protecionismo à TAP e exige plano para atrair novo operador para a Madeira

Para o CDS-PP Madeira os cancelamentos da TAP são “vergonhosos e lamentáveis” afirmando que é preciso “colocar um fim” à maneira como a companhia aérea tem tratado a Região.

O CDS-PP quer um plano de incentivos que permita trazer mais um operador para a ligação aérea entre a Madeira e o Continente de maneira a fazer baixar os preços das viagens. Os centristas vão ainda questionar a Entidade Nacional de Coordenação de Slots sobre o motivo de “não existirem mais companhias a voar para a Madeira”.

O vice-presidente do CDS-PP, Rui Barreto, diz que o cancelamento de voos da TAP para a Madeira “é vergonhoso e lamentável” e que esta situação se está a “tornar um hábito” afirmando que é “preciso meter um fim” à maneira como a TAP está a tratar a Madeira.

“Temos defendido a necessidade de entrar mais um operador na linha entre o Funchal e Lisboa”, clarificou o centrista. Rui Barreto diz que o executivo regional tem de empenhar na criação de “um plano de incentivos para que haja um terceiro operador nesta ligação de maneira a criar mais concorrência e que reduza os preços das viagens”.

O centrista acrescenta que o Governo Regional deve definir com a ANA esse plano de incentivo para que exista “maior atratividade na ligação”. Rui Barreto anunciou que os centristas madeirenses vão questionar a Entidade Nacional de Coordenação de Slots “se é pela falta de autorizações que não há mais companhias aéreas a voar para a Madeira ou se é outros motivos que estão a afastar companhias aéreas da Região” acrescentando que é preciso “acabar de uma vez por todas com o protecionismo que existe à TAP”.

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários