CEO da Ryanair renuncia a bónus salarial de cerca de 1 milhão de euros

Valor do bónus recusado não foi divulgado, mas nos anos anteriores situou-se entre os 850 mil e os 950 mil euros.

Francois Lenoir / Reuters

O presidente executivo da Ryanair, Michael O’Leary, renunciou voluntariamente a um bónus, que poderia aproximar-se de um milhão de euros, depois das recentes anulações de voos, segundo o relatório anual da transportadora aérea.

Segundo o documento, O’Leary ganhou 2,31 milhões de euros nos 12 meses que encerraram a 31 de março, 950 mil euros menos que no exercício anterior. O valor do bónus recusado não foi divulgado, mas nos anos anteriores situou-se entre os 850 mil e os 950 mil euros.

O salário base é de 1,06 milhões de euros, ao qual se juntam 1,25 milhões de euros por distribuição de dividendos das suas ações da companhia.

A transferência de pilotos para outras companhias e os erros nas escalas de férias obrigaram a companhia irlandesa de baixo custo a cancelar mais de 20 mil voos entre setembro e março, afetando 700 mil passageiros e custando quase 25 milhões de euros.

O’Leary tinha reconhecido responsabilidade, em setembro perante os acionistas, pelos erros cometidos nas escalas.

A companhia anunciou ter registado um lucro de 319 milhões de euros no seu primeiro trimestre fiscal (até 30 de junho), numa diminuição de 20%, na comparação homóloga.

Nas suas próximas contas, a companhia terá de registar o impacto das greves da semana passada dos tripulantes de cabine em Portugal, Espanha, Bélgica e Itália, assim como das greves de pilotos na Irlanda e na Alemanha.

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários