PremiumChina é o maior comprador do petróleo iraniano

As vendas de petróleo iraniano nos mercados internacionais respondem por apenas 48% das suas exportações. Mas o conflito com os Estados Unidos também está dependente de Israel.

Uma das principais razões por que o Irão tem um impacto planetário deriva da sua condição de produtor de petróleo (a outra é porque controla o ramo xiita do Islão). E qualquer vislumbre de conflito com a república islâmica coloca os mercados em alerta geral. Mas o certo é que, com base na evolução do preço do barril de crude nos mercados internacionais, as palavras de Donald Trump tiveram um impacto muito reduzido.

O crude está a subir sustentadamente desde 28 de fevereiro (dia em que cotou a 65,7 dólares), estando neste momento um pouco abaixo dos 80 dólares – mas sem que a curva se subida tivesse sofrido qualquer vibração assinalável.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários