China nega estar a bloquear acordo para evitar guerra comercial com os EUA

A China acusa Donald Trump de ter prestado declarações “falsas” e “chocantes” e adverte que a falta de compromisso com um acordo vem da parte dos Estados Unidos.

O Governo chinês veio esta quinta-feira desmentir as palavras do presidente norte-americano, Donald Trump, que acusou o homólogo chinês, Xi Jinping, de estar a bloquear um acordo para evitar uma guerra comercial. A China acusa Donald Trump de ter prestado declarações “falsas” e “chocantes” e adverte que a falta de compromisso com um acordo vem da parte dos Estados Unidos, segundo a “Reuters”.

“O facto de que um membro oficial relevante dos Estados Unidos distorceu inesperadamente os factos e fez acusações falsas é chocante e vai além da nossa imaginação”, afirmou a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Hua Chunying. “A mudança de ideias e a quebra de promessa dos Estados Unidos são reconhecidos globalmente”, acrescentou.

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês garante que a China tem vindo a fazer os maiores esforços para impedir uma escalada nas tensões comerciais entre os dois países. Hua Chunying frisou ainda que a China não quer uma guerra comercial, mas também não tem medo de uma.

Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários