‘Chu-Hi’: primeira bebida com álcool da história da Coca-Cola vai ser lançada no Japão

O novo produto estará à venda apenas no Japão, onde a companhia norte-americana tem uma tradição de inovação que não tem paralelo na Europa.

A norte-americana Coca-Cola vai lançar este ano a primeira bebida com álcool em mais de 130 anos de história da empresa. A nova bebida vai ser vendida no mercado japonês, de acordo com Jorge Garduño, o mexicano que preside à unidade comercial naquele país japonês e até há um ano diretor-geral da Coca-Cola Ibéria. “Esta é uma categoria de bebidas conhecidas no Japão como Chu-Hi”, explica aquele responsável numa publicação corporativa citada pelo jornal “El Pais”.

“É uma bebida enlatada que inclui álcool, tradicionalmente feito com uma bebida destilada chamada shōchū e água gelada, além de alguns aromas”. O shōchū tem um teor alcoólico próximo dos 25% e é comumente destilada de cevada, batata-doce ou arroz.

Garduño assegura que esta bebida com álcool será “única” na história da empresa, já que a Coca-Cola sempre se concentrou em bebidas não alcoólicas. Apesar disso, qualifica a nova bebida como uma “experiência para um segmento específico” do mercado. “A categoria Chu-Hi é quase exclusiva do Japão (…), e não creio que o resto do mundo espere ver esse tipo de produtos associados à marca Coca-Cola”, acrescenta.

Garduño, chefe do negócio no Japão desde julho do ano passado, incluiu a nova bebida com álcool no catálogo de novos produtos com os quais quer inovar, e estarão no mercado em breve. “É um exemplo de como continuamos a explorar oportunidades fora das nossas áreas principais”, diz.

Durante décadas, a comercialização da Coca-Cola no Japão destacou-se por ser um dos muito poucos mercados com grande variedade de opções de bebidas. Só em 2016, a empresa lançou 100 novos produtos, alguns como novas marcas e outros como variações dos mais populares.

Um exemplo é a marca do chá Ayataka. “Criámos uma nova opção para consumidores que preferem sabor leve e que desejam desfrutar da riqueza do chá verde”, diz Garduño. Na categoria de espumantes, também possuem a marca The Tansan, uma bebida com a mais forte carbonatação que existe no país, projetada para “adeptos dos espumantes com conscientes da saúde”, de acordo com a empresa norte-americana.

As bebidas de baixo teor de açúcar ou sem açúcar representam 62% da oferta da Coca-Cola no Japão e cresceram 92% em volume em 2016. Além das bebidas carbonatadas, que representaram 25% das vendas no Japão em 2016, vendem chá, água engarrafada, bebidas desportivas e café.

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários