Ciberataque: SNS vai desligar serviço de e-mail e internet

Só como medida de precaução, o Serviço Nacional de Saúde vai desligar serviços de e-mail e internet. “Na saúde não podemos correr estes riscos”, realça responsável.

Kacper Pempel/Reuters

Até ao momento não existe registo de qualquer incidente relacionado com o ciberataque que tem vindo a atacar várias empresas a nível europeu mas como medida de prevenção, os serviços de e-mail e internet associados ao SNS serão desligados, tal como adiantou ao jornal Público Henrique Martins, presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

Assim, estes serviços de e-mail e internet estão “desconectados” desde as 18h30 mas à noite estas medidas serão reavaliadas, escreve o jornal Público na sua edição online.

O desligamento da rede será reavaliado por volta das 22h00, disse Henrique Martins, ressalvando que “dentro do próprio SNS, a rede informática da saúde continua a funcionar” estando apenas temporariamente “desligada da Internet”.

“O serviço de saúde em Portugal tem um a rede própria privada [Rede Interna da Saúde/RIS] e que pode ser desligada da rede de Internet nestas situações”, explicou.

Questionado sobre o eventual impacto desta medida para os utentes, o presidente dos SPMS disse que não se espera qualquer alteração.

“Não estamos a contar que haja impacto nenhum nos utentes: as receitas em papel continuam a funcionar nas farmácias, as prescrições também funcionam. A rede Intranet continua em funcionamento”, garantiu.

As comunicações entre serviços de saúde, em momentos de urgência, são sempre feitas por telemóvel e por telefone, logo não se espera qualquer alteração com desconexão da Internet, adiantou.

Ler mais
Relacionadas

Ataque cibernético na Ucrânia alastrou-se pela Europa (e já chegou a Espanha)

Várias empresas europeias afirmam ser alvo do ataque cibernético que se iniciou, esta manhã, na Ucrânia. Segundo afirma a agência governamental suiça, a Ucrânia, a Rússia, o Reino Unido e a Índia são os países mais afetados.

Ucrânia sofre ataque cibernético

O país foi alvo de um ciberataque, tendo o sistema informático do Governo, os bancos e o aeroporto sido atingidos.

Parlamento britânico alvo de ataque cibernético

Serviços centrais bloquearam acesso remoto depois de terem detetado tentativas de intromissão externas.

Bancos devem informar BCE de ataques cibernéticos importantes

Qualquer banco alvo de ataques cibernéticos relevantes deverá, a partir deste verão, informar o Banco Central Europeu (BCE) de forma a que o incidente seja avaliado pela autoridade monetária.

“Futuros ciberataques vão visar sobretudo as PME”

Cerca de 60% dos ciberataques são às PME, mas esta percentagem “vai intensificar-se”, afirma a COO da MDS. Muitas PME estão desprotegidas e vão servir de “portas de acesso” para novos ataques, alerta.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários