Cientista português distinguido com prémio Carreira Marie Curie Alumni

João Pedro de Magalhães, licenciado em Microbiologia pela Católica Porto, faz investigação na área do envelhecimento humano.

João Pedro de Magalhães, antigo aluno da Escola Superior de Biotecnologia da Católica no Porto, vai receber o prémio Carreira Marie Curie Alumni, atribuído durante a conferência anual da instituição, que decorreu em Leuven, Bélgica. O galardão visa destacar e reconhecer a qualidade do trabalho centrado no estudo do genoma e no processo de envelhecimento humano desenvolvido pelo investigador.

Em comunicado, a Católica Porto, explica que o cientista, a trabalhar, atualmente, na Universidade de Liverpool, em Inglaterra, “interessa-se sobre os mecanismos genéticos, celulares e moleculares que conduzem ao envelhecimento”. Tem como objetivo “promover o tratamento de doenças associadas ao envelhecimento e, assim, melhorar a qualidade de vida e a saúde, a longo prazo”.

Licenciado em Microbiologia, em 1999, pela Escola Superior de Biotecnologia da Católica no Porto, ingressou em 2004, já centrado na área do genoma e do envelhecimento, num pós-doutoramento na Universidade de Harvard, onde integrou a equipa de investigação de George Church, pioneira nesta área. Em 2008, foi convidado pela Universidade de Liverpool a desenvolver e liderar o próprio grupo de investigação em genómica aplicada e envelhecimento.

O galardão agora conquistado promove o elevado mérito do projeto de João Pedro de Magalhães.

Recomendadas

Governo abre 85 vagas para estágios profissionais destinadas a jovens até 29 anos

Estas vagas destinam-se aos chamados jovens “nem-nem” (nem estudam, nem trabalham). As candidaturas estão abertas até às 18h00 do dia 30 de setembro.

Oito portugueses entre os vencedores do maior programa universitário de inovação digital da Europa

O European Innovation Academy é o maior programa universitário de aceleração em Inovação Digital da Europa. A terceira edição realizou-se entre os dias 14 de julho e 2 de agosto. Há oito portugueses entre os vencedores, com projetos que vão desde apoio a invisuais e a crianças com doenças crónicas até bicicletas com airbaigs.

Martin Kern: “Uma economia não se mede apenas pelo número de unicórnios”

Em entrevista ao Jornal Económico, o diretor do Instituto Europeu da Inovação e da Tecnologia refere que o aumento orçamental proposto pela Comissão Europeia para os próximos anos pode beneficiar as startups e as atividades de investigação em Portugal.
Comentários