Clima de consumo dos europeus regista melhoria no segundo trimestre

Este indicador subiu para os 23,2 pontos entre os meses de abril e junho, segundo o estudo “Clima de Consumo na Europa”, elaborado pela empresa de estudos de mercado alemã GfK. A propensão para comprar assinalou uma ligeira queda de 2,1 pontos.

Cristina Bernardo

O clima de consumo dos europeus apresentou uma ligeira melhoria no segundo trimestre, em termos nominais, de acordo com os resultados do estudo “Clima de Consumo na Europa”, elaborado pela GfK. A análise da empresa de estudos de mercado alemã, divulgada esta quarta-feira, mostra que este indicador subiu para os 23,2 pontos entre os meses de abril e junho. No entanto, a propensão para comprar assinalou uma ligeira queda.

A tendência para adquirir bens e serviços perdeu 2,1 pontos, face a março, totalizando no mês passado 17,6 pontos. “Por outro lado, as expetativas de rendimento subiram ligeiramente e atingiram os 31,7 pontos, o que corresponde a um aumento de 2,7 pontos em comparação com o mês de março”, explica a GfK.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) anunciou esta manhã que o indicador de clima económico em Portugal aumentou em junho, seguindo a tendência do mês anterior. O indicador está já em máximos desde maio de 2002, de acordo com o INE. “Em Portugal, o indicador de atividade económica, disponível até maio, diminuiu (…). O indicador quantitativo do consumo privado aumentou em maio, refletindo um contributo positivo mais expressivo das duas componentes”, refere o relatório do organismo de estatística português.

Recomendadas

Saiba quais as medidas de segurança nos locais destinados à dança

É obrigatório ter serviço de vigilância com recurso a segurança privada, aplicável obrigatoriamente em espaços com lotação igual ou superior a 200 pessoas.

Está à procura de um sítio para ficar estas férias? Deco sugere Eco Hotel

Ao estar a selecionar a opção de ficar num alojamento Ecológico, está também a contribuir para garantir mais sustentabilidade e um meio ambiente muito melhor.
Comentários