Comboios Porto-Lisboa vão regressar à velocidade de 1999 mas continuam mais caros

As intervenções na Linha do Norte vão atrasar o percurso. O preço da viagem em Alfa Pendular entre as duas cidades subiu 96% entre 1999 e 2017.

A partir deste verão os comboios em Alfa Pendular entre as cidades do Porto e de Lisboa vão regressar à velocidade de 1999 devido às obras na Linha do Norte, mas os preços não vão baixar para os valores desse ano, de acordo com o “Jornal de Notícias” desta terça-feira, 29 de maio.

As intervenções vão fazer com que o percurso demore, pelo menos, mais sete minutos. Os atrasos no percurso “decorrem não da política comercial da CP – Comboios de Portugal, mas sim dos constrangimentos na circulação, motivados por intervenções na infraestrutura” e “não estão previstas alterações aos preços dos comboios de longo curso”, disse uma fonte da empresa ao JN.

O preço da viagem em Alfa Pendular entre estas duas cidades subiu 96% entre 1999 e 2017. Quanto a este aumento, a CP argumenta que se deve “aos custos envolvidos na prestação do serviço”, nomeadamente os passes, “o combustível e/ou energia para tração e a taxa de uso da infraestrutura ferroviária”.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários