Conselheiros de Trump pedem abordagem mais agressiva depois de expulsões de diplomatas da Rússia

Apesar desta posição de vários conselheiros de Donald Trump o presidente norte-americano tem resistido à ideia de uma posição pública mais agressiva perante a Rússia.

Conselheiros de Trump recomendaram uma abordagem mais agressiva por parte do presidente dos Estados Unidos relativamente à Rússia depois da expulsão de diplomatas norte-americanos do país devido ao Skripal, diz o New York Times.

O New York Times avança que a administração, liderada por Trump, está a ponderar sanções adicionais à Rússia embora saliente também que Trump está a resistir à ideia de endurecer a sua posição pública perante este país.

A mesma publicação diz que Rex Tillerson, Secretário de Estado entretanto demitido por Trump, estava a planear uma estratégia política mais agressiva perante a Rússia e que esse plano encontrou uma base de apoio dentro da Casa Branca.

De recordar que um ataque com um elemento químico, no Reino Unido, tem levado a que vários diplomatas tenham sido expulsos da Rússia e de outros países e vice-versa.

Relacionadas

“Reino Unido tem de cortar mais de 50 pessoas do seu staff diplomático na Rússia”, diz Moscovo

A Rússia prepara-se para expulsar mais representantes diplomáticos britânicos do país depois de já ter cortado 23.

Guerra diplomática. Rússia convoca embaixadores de países que expulsaram diplomatas seus

Estão a ser chamados ao Kremlim os embaixadores dos países que anunciaram a expulsão de diplomatas russos no seguimento do envenenamento do antigo espião russo Sergei Skripal e da sua filha Yulia.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários