Costa abre caminho ao “verdadeiro líder do PS, José Sócrates”

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, sustentou hoje que o vencedor das primárias socialistas, António Costa, pretende reabilitar e está a abrir caminho ao regresso do “verdadeiro líder do PS”, José Sócrates. Luís Montenegro falava no encerramento do debate sobre o Orçamento do Estado para 2015 na generalidade, na Assembleia da República, depois de […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, sustentou hoje que o vencedor das primárias socialistas, António Costa, pretende reabilitar e está a abrir caminho ao regresso do “verdadeiro líder do PS”, José Sócrates.

Luís Montenegro falava no encerramento do debate sobre o Orçamento do Estado para 2015 na generalidade, na Assembleia da República, depois de o novo líder parlamentar do PS, Ferro Rodrigues, ter referido o nome de José Sócrates como alguém que se bateu contra o pedido de resgate financeiro a Portugal.

“A partir de hoje, é oficial, desde que ouvimos aqui o líder parlamentar do PS: o PS assumiu como prioridade política reabilitar José Sócrates. Esta é a primeira grande ideia mobilizadora do PS de António Costa”, Luís Montenegro, recebendo palmas da maioria PSD/CDS-PP. “Ele é um líder em transição para abrir caminho ao regresso do grande líder, o verdadeiro líder do PS: o engenheiro José Sócrates”, acrescentou.

 

OJE/Lusa

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?