Daesh reivindica atentado em Londres

O autoproclamado Estado Islâmico, também conhecido por Daesh, reinvindicou o atentado de sábado à noite que vitimou sete pessoas, avança a agência Reuters.

Reuters

O Daesh (auto proclamado Estado Islâmico) reividicou o atentado que vitimou pelo menos sete pessoas e feriu dezenas em Londres no sábado à noite, noticia a Reuters citando a Amaq, agência de informação do grupo terrorista.”Uma unidade de combatentes do Estado Islâmico executou o ataque de ontem em Londres”, lê-se no comunicado divulgado no site da Amaq, citado pela Reuters.

As autoridades britânicas detiveram este domingo 12 pessoas por suspeitas de estarem ligados aos ataques de ontem no centro da capital do Reino Unido. Pelo menos sete pessoas terão morrido e outras 48 ficaram feridas, segundo um relatório divulgado pela Polícia Metropolitana de Londres.

As autoridades indicam que três atacantes terão entrado com uma carrinha pela zona pedestre da London Bridge, abalroado dezenas de transeuntes. Depois de abandonarem o veículo, os indivíduos encaminharam-se para Borough Market onde terão esfaqueado várias pessoas. Os três indivíduos foram, pouco depois, abatidos pelas autoridades.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirma que “é tempo de dizer basta”. “Não podemos e não devemos fingir que a situação pode continuar como está”, disse Theresa May, pedindo uma estratégia reforçada de combate ao terrorismo que pode vir a incluir penas de prisão mais longas e novos regulamentos do ciberespaço.

Os principais partidos britânicos anunciaram este domingo a suspensão da campanha eleitoral para as legislativas de 8 de junho, mas a data das eleições mantém-se.

[Atualizada às 23h04]

Ler mais
Relacionadas

Polícia britânica detém 12 suspeitos de ligação aos ataques de Londres

Pelo menos sete pessoas terão morrido e outras 48 ficaram feridas, segundo um relatório divulgado pela Polícia Metropolitana de Londres.

Ataques em Londres fazem sete mortos e dezenas de feridos

Três atacantes foram abatidos a tiro pelas autoridades, depois de terem abalroado com um veículo automóvel vários peões na London Bridge e terem esfaqueado várias pessoas em Borough Market.

Polícia de Londres responde a três “incidentes”. London Bridge está fechada

Uma carrinha atropelou várias pessoas junto da London Bridge, no centro de Londres, notícia a BBC. Outros dois “incidentes” foram reportados no Borought Market, mercado próximo da ponte, e na região de Vauxhall, no sul da cidade.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários