Desporto recebe mais 6 milhões de euros

Verbas para o Desporto crescem 7,7 por cento. OE inscreve 87,4 milhões. De entre os investimentos a realizar destacam-se o Centro Desportivo Nacional do Jamor e a pista de atletismo e campo de râguebi de Évora. O Desporto nacional receberá 87,4 milhões de euros do Orçamento de Estado (OE) em 2015, de acordo com o […]

Verbas para o Desporto crescem 7,7 por cento. OE inscreve 87,4 milhões. De entre os investimentos a realizar destacam-se o Centro Desportivo Nacional do Jamor e a pista de atletismo e campo de râguebi de Évora.

O Desporto nacional receberá 87,4 milhões de euros do Orçamento de Estado (OE) em 2015, de acordo com o documento entregue na passada quarta-feira na Assembleia da República. Esse valor constante da rubrica Desporto, Recreio e Lazer corresponde a um aumento de quase 6 milhões de euros, ou seja, mais 7,7 por cento face aos valores do OE para 2014 (que foi orçamentada em 81,5 milhões) e aproximando-se das verbas de 2013 (88,6 milhões).

Com este aumento, o Governo pretender “dar continuidade ao planeamento e desenvolvimento estratégico das políticas para o Desporto e Juventude, através das medidas elencadas nas Grandes Opções do Plano para 2015”. Destacam-se “a aposta na internacionalização da economia do desporto, designadamente na rentabilização das infraestruturas dedicadas ao alto rendimento, em paralelo com a regulamentação dos jogos e apostas online e a revisão pontual de legislação na área do desporto”.

De entre os investimentos a realizar na área do Desporto destacam-se a conservação das infraestruturas desportivas do Centro Desportivo Nacional do Jamor e a empreitada de construção da pista de atletismo e campo de râguebi de Évora.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?