Economia regional acelera ligeiramente

Apesar de ligeira, a subida do Indicador Regional de Atividade Económica (IRAE) aponta para uma inversão na tendência de quebra que se vinha a verificar nos últimos dois meses.

Shrikesh Laxmidas

A atividade económica regional acelerou ainda que ligeiramente em abril, mês em que o  Indicador Regional de Atividade Económica (IRAE) se situou nos 1,0 contra os 0,9 registados em março.

Os dados da Direção Regional de Estatística divulgados esta segunda-feira dão conta desta subida que aponta para uma inversão na tendência de quebra que se vinha a verificar nos últimos dois meses. Em Janeiro, o IRAE situou-se nos 2,3, tendo caído no mês seguinte para os 1,5, chegando aos 0.9 em março.

De referir que o Indicador Regional de Atividade Económica, apesar de ser um instrumento de síntese direccionado para o acompanhamento da evolução da economia regional, nomeadamente no que se refere à sua direção e magnitude das flutuações, não  substitui a taxa de variação homóloga do Produto Interno Bruto (PIB).

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários