El Corte Inglés em guerra contra a Amazon por causa do comércio eletrónico

O presidente da cadeia espanhola de hipermercados El Corte Inglés pede “regras de jogo homogéneas” para poder competir com a Amazon e outros grandes operadores do comércio eletrónico. “Se igualarmos os preços com alguns desses senhores, estaremos a vender abaixo do preço de custo”.

O presidente da cadeia espanhola de hipermercados El Corte Inglés, Dimas Gimeno, pede “regras de jogo homogéneas” para poder competir com a Amazon e outros grandes operadores do comércio eletrónico. “Não temos medo de igualar os preços, o problema é que se igualarmos os preços com alguns desses senhores, os grandes oepradores, estaremos a vender abaixo do preço de custo e isso não pode ser,” afirma o executivo, citado pelo jornal “El Economista”.

“Há empresas do setor ‘online’ que não estão sujeitas a restrições de horários comerciais e cuja fiscalidade não se assemelha ao quadro em que operam as empresas de distribuição tradicionais como a nossa. Necessitamos de um quadro ao nível europeu que nos permita competir em igualdade de condições”, sublinha Gimeno.

Estas declarações do presidente do El Corte Inglés foram proferidas hoje no âmbito de uma conferência na Câmara de Comércio de Barcelona. Gimeno criticou também o facto de a atual legislação comercial ser “do século XX” e, portanto, “não corresponder à realidade do século XXI”.

Na mesma intervenção, Gimeno salientou que o comércio “online” já representa 4,5% da faturação de vendas a retalho em Espanha. A tendência é de crescimento exponencial no curto prazo, acrescentou, o que “vai disparar a vantagem competitiva de quem opera principalmente no mundo digital”.

Relacionadas

El Corte Inglés fecha contrato de 3.650 milhões de euros para reestruturar dívida

O contrato de 3.650 milhões de euros vai garantir à cadeia espanhola uma maior estabilidade financeira nos próximos cinco anos e vai permitir eliminar garantias relativas aos empréstimos anteriores.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários