Entrada de turistas portugueses em Espanha foi a que mais subiu em maio

A entrada de turistas portugueses em Espanha alcançou as 161.098 pessoas em maio, um aumento de 21,6% em relação a um ano antes, tendo sido a nacionalidade que cresceu mais, revelou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatísticas espanhol.

A entrada de turistas portugueses em Espanha alcançou as 161.098 pessoas em maio, um aumento de 21,6% em relação a um ano antes, tendo sido a nacionalidade que cresceu mais, revelou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatísticas espanhol.

Em termos acumulados, nos primeiros cinco meses do corrente ano, de janeiro a maio, foram 775.422 os turistas portugueses que entraram no país vizinho, um crescimento de 12,8% em relação a 2017, o que também significou o maior crescimento verificado neste período.

Segundo as estatísticas, com o movimento de turistas nas fronteiras espanholas, o número de estrangeiros que visitou Espanha em maio foi de 8,1 milhões, mais 1% do que no mesmo mês do ano passado.

Os dados acumulados dos primeiros cinco meses do ano mostram um total de 28,6 milhões de entradas e um crescimento homólogo de 2%.

Os residentes no Reino Unido foram responsáveis pelo maior número de entradas, 1.984.847, apesar de terem diminuído 3,9% em relação a maio de 2017, logo seguidos pelos residentes na Alemanha (1.169.122; -1,8%), França (1.155.138; +6,9%) e Holanda (447.869, +6,3).

Em termos acumulados, o Reino Unido continuou à frente das entradas de turistas (6.265.227; -2,3), seguido pela Alemanha (3.938.619; -2,7), França (3.920.981; +0,6) e Itália (1.455.878; +0,9).

A Comunidade Autónoma da Catalunha foi o destino principal dos turistas estrangeiros em maio, com 23,2% do número total, seguida das Ilhas Baleares (21,1%) e da Andaluzia (14,8%).

Ler mais
Relacionadas

Portugal considerado o melhor destino europeu no World Travel Awards

Na mesma gala Lisboa foi eleita a melhor cidade destino da Europa. Portugal arrecadou 36 prémios num evento realizado na Grécia.

Itália e Espanha têm novos locais que são património da Humanidade

A UNESCO anunciou este domingo que declarou Ivrea, cidade industrial italiana, e o Califado Medina Azahara, em Espanha, como patrimónios históricos da Humanidade.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários