Estados Unidos anunciam que tarifas à União Europeia entram em vigor amanhã

A taxa de 25% sobre as importações de aço e a de 10% sobre as de alumínio à União Europeia, Canadá e México entrarão em vigor à meia-noite, segundo o secretário do Comércio norte-americano, Wilbur Ross.

O governo dos Estados Unidos da América anunciou esta quinta-feira, 31 de maio, que novas tarifas às importações da União Europeia entram em vigor amanhã. A taxa de 25% sobre as importações de aço e a de 10% sobre as de alumínio à comunidade única, ao Canadá e ao México serão aplicadas à meia-noite.

A informação foi dada pelo secretário do Comércio norte-americano, Wilbur Ross, em declarações aos jornalistas. De acordo com a notícia avançada pela Reuters, o governante não adiantou pormenores sobre o que poderá ser feito para que os dois países e o bloco consigam ver as tarifas suspensas.

“Estamos ansiosos por continuar as negociações, tanto com o Canadá como com o México, por um lado, e com a Comissão Europeia, por outro, porque há outras questões que também precisamos de resolver”, disse Wilbur Ross.

Durante a manhã de hoje, a imprensa norte-americana dava conta de que a administração Trump estava decidida a avançar com a medida apresentada em março, depois de não ter obtido concessões da União Europeia.

Segundo o “Wall Street Journal”, fontes próximas da Casa Branca indicam que Donald Trump decidiu intensificar a sua batalha comercial, frustrado com o fracasso das negociações em curso. O jornal avança ainda que as tarifas sobre as importações devem entrar em vigor já esta sexta-feira, sendo que o tema foi abordado no encontro entre Angela Merkel e António Costa, esta quinta-feira, em Lisboa.

O presidente norte-americano, Donald Trump, ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Ler mais
Relacionadas

Donald Trump prepara-se para anunciar tarifas sobre importações de aço e alumínio à UE

A imprensa norte-americana indica que Trump irá a avançar com tarifas aduaneiras contra a UE. O tema foi abordado no encontro entre Angela Merkel e António Costa, esta quinta-feira, em Lisboa.
Guerra Comercial EUA-China

China afirma que taxas alfandegárias impostas por Washington quebram acordo

A China assegurou esta quarta-feira que a decisão dos Estados Unidos de impor taxas alfandegárias de 25% a vários produtos tecnológicos chineses vai contra o acordado entre os dois países para evitar uma guerra comercial.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários