“Estou Aqui”: Iniciativa da PSP passa a ser anual e abrange mais crianças

A sexta edição da iniciativa “Estou aqui”, da PSP, foi lançada esta quinta-feira, Dia Mundial da Criança, em Cascais. E tem novidades. As pulseiras gratuitas para ajudar a localizar crianças perdidas passam a estar disponíveis todo o ano e podem ser usadas por crianças até aos 10 anos.

No Dia Mundial da Criança, a PSP lançou, em Cascais, a sexta edição do programa “Estou Aqui”, que contempla a distribuição gratuita de pulseiras identificativas a crianças, com o objetivo de facilitar o reencontro com pais ou educadores, caso as crianças se percam. Nos últimos cinco anos, a pulseira foi usada por 163 mil crianças.

Durante a apresentação foram dadas a conhecer duas novidades deste programa. A partir de agora, o “Estou Aqui” passa a estar ativo 365 dias por ano, e a idade é alargada, contemplando crianças com idades entre os dois e os 10 anos.

Para aderir ao programa, os pais têm de fazer o registo da criança no site https://estouaqui.mai.gov.pt/Pages/Home.htm, sendo as pulseiras levantadas na esquadra selecionada durante o processo de registo. Caso as pulseiras não sejam levantadas até ao 25.º dia após o registo, o pedido é cancelado.

As pulseiras possuem um código alfanumérico único, o que permite, “de forma célere chegar ao contacto com os pais, educadores ou tutores de uma criança que se encontre perdida, promovendo o reencontro”, diz a PSP.

Em caso de desaparecimento da criança, através de uma chamada para o 112 serão acionados os mecanismos necessários de comunicação com as forças de segurança, que enviarão para o local do desaparecimento uma patrulha policial.

Ao mesmo tempo, a PSP agiliza, através da força de segurança envolvida, o contacto com o responsável pela criança perdida, de acordo com os registos fornecidos no ato de adesão e ativação da pulseira.

Ler mais
Recomendadas

Vistos gold: Investimento captado mais do que triplicou em julho para 98,2 milhões de euros

O investimento captado através dos vistos ‘gold’ mais do que triplicou (aumentou 276%) em julho, face ao período homólogo de 2018, para 98,2 milhões de euros, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF.

Número de viciados em jogo online aumentou mais de 8% em Portugal

No espaço de seis meses, 38.600 pessoas pediram para ser impedidas de jogar online, mais 3.200 pessoas face a 2018, uma subida de 8,3%.

Avião de carga aterrou de emergência no aeroporto do Porto  

Um avião de carga com dois tripulantes fez hoje uma “aterragem de emergência” em segurança no aeroporto do Porto devido a um “problema no motor”, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
Comentários