Ex-Presidente sul-africano Jacob Zuma vai ser acusado de corrupção

“Há razoáveis perspetivas para pensar que as acusações judiciárias contra Zuma vão ser concluídas”, disse o procurador-geral Shaun Abrahams.

O ex-Presidente da África do Sul Jacob Zuma vai ser acusado de corrupção no caso de um contrato de armamento com industriais estrangeiros que remonta ao fim da década de 1990, anunciou hoje o ministério público sul-africano.

“Após analisar bem o assunto, há razoáveis perspetivas para pensar que as acusações judiciárias contra Zuma vão ser concluídas”, disse o procurador-geral Shaun Abrahams numa conferência de imprensa, salientando que o ex-Presidente da África do Sul será julgado por fraude e corrupção.

“Submeter o caso a julgamento é a forma mais apropriada de abordar as acusações”, acrescentou Abrahams, que indicou que a decisão já foi comunicada ao próprio Zuma.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários