Exportações espanholas em queda até níveis mais baixos de 2012

As exportações espanholas, um dos principais motores da economia nos últimos anos, registaram uma forte desaceleração no terceiro trimestre do ano para os níveis mais baixos desde 2012, segundo dados divulgados hoje. O Indicador Sintético de Atividade Exportadora (ISAE), preparado pela Secretaria de Estado do Comércio, confirma uma queda de mais de 15 pontos percentuais […]

As exportações espanholas, um dos principais motores da economia nos últimos anos, registaram uma forte desaceleração no terceiro trimestre do ano para os níveis mais baixos desde 2012, segundo dados divulgados hoje.

O Indicador Sintético de Atividade Exportadora (ISAE), preparado pela Secretaria de Estado do Comércio, confirma uma queda de mais de 15 pontos percentuais durante o terceiro trimestre do ano, passando de 23,1 para 7,6 pontos, o valor mais baixo em dois anos.

Um agravamento que coincide com o aumento da procura interna e a travagem ou recessão nas principais economias da zona euro, destino de cerca de metade das vendas espanholas.

Apesar de quedas em praticamente todos os setores de exportações, o ISAE permanece positivo na maioria, exceto no setor automóvel (menos 12,6 pontos percentuais) e no de matérias-primas (menos 1,6 pontos).

São menos as empresas que referem que a sua carteira de pedidos aumentou, tendo crescido significativamente o número das que apontam menos vendas e crescido ligeiramente as que apontam a vendas estáveis.

OJE/Lusa

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.