Falhas na plataforma informática causam caos nas matrículas escolares

Os sindicatos afirmam que a plataforma tem registado cada vez mais problemas nos últimos anos e lamentam que o Ministério da Educação não crie as devidas condições para que o ano letivo termine de forma tranquila.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

Os bloqueios constantes da plataforma informática na qual são feitas as matrículas para o próximo ano letivo estão a causar o caos nas inscrições dos alunos. Os sindicatos afirmam que a plataforma tem registado cada vez mais problemas nos últimos anos e lamentam que o Ministério da Educação não crie as devidas condições para que o ano letivo termine de forma tranquila, avança o “Jornal de Notícias”.

“Todos os anos a plataforma tem problemas, mas está cada vez pior”, afirma Filinto Lima, presidente da Associação de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas. As dificuldades colocam-se sobretudo quando o aluno muda de ciclo ou é transferido para outra escola. “As EB 2+3 já estão a avisar as secundárias de que haverá atrasos”, alerta.

Esta quarta-feira, termina o prazo para estas matrículas. Os sindicatos dão conta de que nenhum aluno vai ser excluído devido aos atrasos, mas lamentam não terem meios humanos e técnicos suficientes para dar vazão ao número de pais e encarregados de educação que procuram os serviços para inscrever os alunos.

Recomendadas

Saiba quais as medidas de segurança nos locais destinados à dança

É obrigatório ter serviço de vigilância com recurso a segurança privada, aplicável obrigatoriamente em espaços com lotação igual ou superior a 200 pessoas.

Está à procura de um sítio para ficar estas férias? Deco sugere Eco Hotel

Ao estar a selecionar a opção de ficar num alojamento Ecológico, está também a contribuir para garantir mais sustentabilidade e um meio ambiente muito melhor.
Comentários