Fenprof decide greve dos professores esta tarde

Secretariado nacional está reunido para decidir se as respostas de Tiago Brandão Rodrigues foram suficientes para desmarcar paralisação agendada para dia 21.

Foto cedida

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) marcou uma conferência de imprensa para as 17h30 para anunciar se mantém a convocação da greve, prevista para dia 21, época de exames.

O secretariado nacional da Fenprof está neste momento reunido para avaliar os resultados do encontro que ocorreu esta manhã com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. À saída da reunião, o dirigente da federação sindical, Mário Nogueira, considerou que o encontro “ficou muito aquém das expectativas dos professores”.

“O secretariado nacional está a avaliar, em concreto, se mantém o pré-aviso de greve nacional de professores e educadores, prevista para 21 de junho, bem como a greve às avaliações dos docentes das escolas públicas de ensino artístico especializado, cujo início está previsto para amanhã, dia 7 de junho”, avança a Fenprof, em comunicado.

Em causa estão matérias como a progressão na carreira, horários de trabalho e um regime especial de aposentação.

A Federação Nacional de Educação (FNE) também já manifestou intenção de fazer greve dia 21.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários