Festas, descobertas e piqueniques

Fique a conhecer algumas das sugestões do Jornal Económico para este fim-de-semana (mas não só) em Lisboa.

Festas Lisboa’17

A festa mais tradicional e animada de Lisboa já chegou! Junho é o mês dos Santos Populares! O festejo já começou, mas a principal será na noite de 12 para 13 de junho, dia de Santo António. Marchas, manjericos, sardinhas, arraiais, concertos, ruas dos bairros populares embelezados com balões e arcos coloridos. O desfile, como todos os anos, acontece na Avenida da Liberdade. Tem três marchas convidadas, Leiria, Viseu e Quarteira. As noites são animadas no bairros típicos de Lisboa, do Castelo à Mouraria, Graça, Alfama, Ajuda, Bica, Bairro Alto, Madragoa, Estrela. As Festas de Lisboa não são só marchas, há muito para fazer na capital até ao final do mês de junho. Inclui eventos muito diversificados como espetáculos de fado, jazz e outros géneros musicais, festivais de cinema e teatro, exposições, Arraial Lisboa Pride – evento lésbico, gay, bissexual, trans e intersexo. Um mês inteiro para celebrar Lisboa, para todos os gostos, todas as idades, todos os géneros, e que reúne na capital residentes e turistas numa simbiose perfeita.

Festas dos Santos Populares / 01 de junho – 01 de julho

Info: http://lisboanarua.com/festasdelisboa/

 

Sexta-feira

Piquenique no campo sem sair da cidade

Dançar, comer, beber, relaxar e tudo isso ao ar livre. Parece lhe bem? Chill Out Picnic acontece no Campo Mártires da Pátria, organizado por Swing Station em parceria com a Junta de Freguesia de Arroios. Um momento de descanso ao som da música soul. Êxitos da Etta James, James Brown, Otis Redding, entre outros, vão animar o seu fim de tarde. Entre trabalho e agitação, relaxar e conviver é importante. Traga petiscos e bebidas fresquinhas, estenda a manta e aproveite o momento!

Campo Mártires da Pátria / 09 de junho 18h-20h

Info: www.atlanticswingfestival.com / Preço: gratuito

 

Sábado

Workshop de Sushi

Um workshop privado, durante dois dias, sobre o prato da gastronomia japonesa que se tornou moda em vários países do Ocidente. Uma oportunidade de descobrir e experimentar o sushi na sua forma mais pura. Aprenda as técnicas tradicionais japonesas com o conceitado chef Yuichi Hori. Como preparar corretamente o arroz, utilização correta das ferramentas de cozinha, cortar diferentes peixes, preparar o niguiri e as 15 peças para o almoço.Faça já a sua inscrição, pois o número de participantes é limitado!

Ponto de encontro: Colégio Francês Charles Lepierre, Amoreiras  / 10 e 11 de junho 11h – 14h

Inscrição: welcometolisbon.net@gmail.com / Preço: 50 euros (inclui refeição)

 

Terça-feira

À descoberta da Lagoa Azul

É uma terça-feira e é feriado em Lisboa. Nada melhor que aproveitar para escapar do barulho da cidade. E conectar-se com a serenidade da natureza. Venha descobrir, em plena Serra de Sintra, a Lagoa Azul e a sua rica flora e fauna. O caminho segue pelo interior do bosque, passando perto da Pedra Branca e sobe até à Tapada do Saldanha. Ao longo do percurso é possível descobrir formações geológicas, descer por um caminho com várias ribeiras que conduz à Barragem do Rio da Mula e ainda encontrar antigas casas das Matas Nacionais. Aproveite esta pequena fuga e aventure-se por caminhos com uma beleza única.

Info: www.greentrekker.pt / 13 de junho 10h-14h

Preço: 10 euros
Quarta-feira

Relíquias dos Museus do Vaticano

Tesouros do Vaticano pela primeira vez em Portugal. São mais de 70 obras das famosas coleções dos Museus do Vaticano. Todas reunidas no Museu Nacional de Arte Antiga.
Para além de códices iluminados do acervo da Biblioteca Apostólica Vaticana e incríveis tapeçarias, a exposição apresenta, também, as pinturas dos grandes mestres do Renascimento e do Barroco. Com um destaque a iconografia da Virgem Maria. Desde o final da Antiguidade à época moderna nunca deixou de inspirar artistas e serve agora, no ano em que se celebra o centenário das aparições de Fátima, de eixo temático a esta mostra.

Museu Nacional de Arte Antiga / Terça-feira a domingo 10h-18h

Info: www.museudearteantiga.pt / Preço: 6 euros (bilhete normal)

Ler mais
Recomendadas

Carocha: Afinal, o carro do povo não morreu

Ao fim de oito décadas, o veículo que atravessou diversos momentos históricos chegou ao fim de uma longa estrada. O Carocha foi um símbolo do renascimento económico da Alemanha do pós-guerra e foi um sucesso de vendas nos Estados Unidos. Em Portugal, o espírito continua bem vivo: além de um hino, são vários os clubes e os colecionadores que guardam relgiosamente um modelo que pode valer mais de 100 mil euros.

Ângelo Girão: o comendador que mete medo aos avançados

Meses depois de ser campeão europeu de clubes pelo Sporting, realizou o sonho de tornar Portugal campeão mundial. O fim do jejum que durava desde 2003 deveu-se em grande parte ao guarda-redes de 29 anos que provou, uma vez mais, que não existe ninguém melhor a evitar que os sticks levem a bola para dentro da baliza. Os argentinos, espanhóis e italianos podem confirmá-lo.

Assembleia da República: Maioria absoluta masculina, acima dos 50 e recém-chegada

A XIII Legislatura, que está quase a terminar, não fica só marcada pela “geringonça”. Ao longo dos últimos quatro anos os portugueses foram representados por um Parlamento tão envelhecido quanto inexperiente no desempenho de funções. Aqui está a radiografia dos nossos deputados.
Comentários