“Foi bom jogar no Real Madrid”, as palavras de Ronaldo que deixam o seu futuro no clube madrileno em suspenso

Estas palavras foram ditas pelo português após a final da Liga dos Campeões. O jogador do Real Madrid disse que o ‘timing’ em que pronunciou estas palavras não foi o mais oportuno acrescentando no entanto que já falou com o agente Jorge Mendes e que haverá novidades.

Foi bom jogar no Real Madrid. Estas simples palavras de Cristiano Ronaldo, após a conquista da Liga dos Campeões, no passado fim-de-semana, deixaram o mundo do futebol em suspenso. Afinal o jogador português fica ou não fica no clube de Madrid? Por enquanto a resposta é um grande mistério mas o português diz que já falou com o agente Jorge Mendes e que vai haver novidades.

A continuidade ou não continuidade de Ronaldo no Real Madrid tem sido um assunto discutido há muito e as declarações que prestou após a final da Liga dos Campeões voltou a dar um novo contorno a este dossier. “Foi bom jogador no Real Madrid”, foram as palavras do português, que deixaram a porta aberta para uma possível saída de Ronaldo do clube madrileno.

“Neste momento não devia ter dito, mas quando és demasiado honesto e tens um coração puro acabam por sair as palavras quando menos desejas. Foi isso que aconteceu. Obviamente não estou a fugir à pergunta, porque irá acontecer algo acerca do meu futuro”, referiu.

Ronaldo reforçou que este não foi um “momento oportuno, pelo que a equipa fez” na final e porque os “jogadores e o Real Madrid não mereciam”.

“Não foi o ‘timing’ perfeito, mas para ser sincero não pensava que iria ter tanto impacto”, assumiu.

Apesar do lamento Ronaldo acrescentou ainda que já falou com o seu agente e prometeu novidades sobre o seu futuro.

“Já falei com o meu agente [Jorge Mendes] e já lhe disse, ele está a par da situação e vai haver novidades”, disse Ronaldo, em declarações recolhidas pela RTP em Kiev, onde o Real Madrid venceram o Liverpool na final da Liga dos Campeões, por 3-1.

Em agosto de 2017, o jornal El Pais dizia que não existiam garantias de que o português iria ficar ou sair do Real Madrid. O salário, a par de problemas de balneário e crise desportiva, têm sido apontado, ao longo desta temporada, como factores que podem fazer com que o jogador saia do clube de Madrid.

Inglaterra e Los Angeles já foram avançados como locais que podem receber o português na próxima temporada.

Ler mais
Relacionadas

De Madrid para Los Angeles. Espanha divulga ‘plano de fuga’ de Cristiano Ronaldo

A decisão está tomada e se o craque português teve dúvidas em deixar os ‘merengues’ este verão, agora já não tem a mínima dúvida. Dos problemas com o fisco a um balneário divido, são muitos os fatores que estão a abrir a porta de saída do Real Madrid ao craque português.

Novo salário de Messi atira Ronaldo para fora do Real Madrid?

Jogador português quer receber o mesmo que a estrela do Barcelona, e o Real não parece estar disposto a pagar um montante tão elevado.

Saída de Cristiano Ronaldo pode render 400 milhões de euros ao Real Madrid

A notícia é avançada pelo jornal espanhol ‘Marca’, que dá conta de que a cláusula de rescisão de 1.000 milhões é meramente simbólica e apenas o Manchester United e o Paris Saint Germain teriam possibilidades de fazer uma oferta nesses valores.
Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários