Fosun compra participação maioritária em grupo de moda austríaco

O conglomerado chinês ofereceu 12,8 euros por ação e ainda acordou investir 22 milhões de euros numa operação de aumento de capital a concluir em maio.

Aly Song / Reuters

O grupo de investimento chinês Fosun, principal acionista do banco BCP, comprou 50,6% do capital da empresa de moda de luxo austríaca Wolford por 32,6 milhões de euros, segundo o portal chinês de informação financeira Caixin.

O conglomerado chinês ofereceu 12,8 euros por ação e ainda acordou investir 22 milhões de euros numa operação de aumento de capital a concluir em maio.

Além disso, a Fosun oferecerá 13,67 euros por título aos outros acionistas da empresa, com o objetivo de no futuro reforçar a sua participação.

Depois de registar significativos prejuízos nos últimos anos, a Wolford apresentou em junho um plano de reestruturação e os seus proprietários anunciaram a intenção de vender uma participação maioritária na empresa.

Para a Fosun, esta é a terceira operação de compra internacional nas últimas duas semanas, depois de ter adquirido uma participação maioritária na casa de moda francesa Jeanne Lanvin, por 120 milhões de euros, e na gestora de fundos brasileira Guide Investimentos por 42 milhões de euros.

Segundo fontes próximas do grupo chinês citadas pelo portal Caixin, a Fosun está à procura de mais investimentos no setor da moda de luxo na Europa para reforçar o seu plano de expansão internacional e para satisfazer a procura dos consumidores chineses.

A Fosun tem sede em Xangai e investimentos em múltiplos setores como saúde, turismo, moda, imobiliário e banca.

Nos últimos anos, comprou empresas estrangeiras como o francês Club Med, o britânico Thomas Cook (ambas na área do turismo), o canadiano Cirque du Soleil (espetáculos artísticos), além de ser o maior acionista do Banco Comercial Português (BCP), com 25,16%.

Esta semana o presidente da seguradora Fidelidade, que também é detida pela Fosun, disse que a participação deste grupo no BCP pode vir a aumentar.

Ainda em dezembro do ano passado, a Fosun tomou uma participação de 18% de Tsingtao, a maior cervejeira da China.

Ler mais
Relacionadas

Presidente da Fidelidade diz que grupo chinês Fosun poderá reforçar no BCP

O grupo chinês Fosun é o maior acionista do banco BCP, com 25,16%, seguido da petrolífera angolana Sonangol, com cerca de 15%.

Fidelidade e Fosun juntam banco alemão a nova edição do programa de aceleração de startups

Em conferência de imprensa, os promotores explicaram que esta terceira edição do programa de aceleração de startups Protechting contará com ações internacionais de scouting e apoiará projetos de Healthtech, Insurtech e Fintech.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários