Gasta água a mais em casa? Há forma de saber e dicas para poupar

Porquê desperdiçar água? Esta é a questão que se coloca todos os anos no Dia Mundial da Água. A Empresa Portuguesa de Águas Livres disponibiliza um simulador online para medir o consumo de água e perceber se na sua casa o consumo é sustentável.

O país atravessa uma das secas mais longas da sua História. O secretário de Estado do Ambiente chegou a admitir o racionamento da água durante a noite em algumas localidades e aconselhou a população a habituar-se a gastar menos devido à seca que o país atravessa.

E como controlar a utilização de água num domínio doméstico? A Empresa Portuguesa de Águas Livres (EPAL) disponibiliza um simulador online para medir o consumo de água e perceber se na sua casa o consumo é sustentável ou requer a ajuda das seguintes dicas da empresa que distribui água em Lisboa:

  • Uma torneira a pingar pode representar cerca de 6000 litros anuais de desperdício. Verifique sempre se fechou as torneiras, quando fizer a barba ou lavar as mãos
  • Cada banho de imersão corresponde a cerca de 200 litros, e um duche prolongado a 100 litros. Opte por duches rápidos de 5 minutos, e feche a torneira enquanto se ensaboa
  • Não lave a loiça à mão. Utilize a máquina de lavar loiça. Há modelos recentes com menores consumos, apresentando uma média de 22 litros por lavagem
  • Utilize também detergentes amigos do ambiente e que produzam pouca espuma
  • Ajuste o autoclismo para o volume de descarga mínimo. Não deite lixo na sanita, pois desta forma evitará descargas desnecessárias
  • Na rega de jardins deve ter em atenção que esta se destina a suprir as necessidades das plantas quando a chuva for insuficiente
  • Concilie as condições climatéricas com as regas do seu jardim. Regar com a mangueira pode gastar 18 litros por minuto. Para fazer a rega de forma eficiente aproveite as horas de menor calor: antes das 8h da manhã e após as 18h.
  • Utilize as estações de serviço ecológicas para lavar o carro, que possuem temporizadores na utilização da água, e lave-o apenas quando está sujo. Pode também aproveitar os dias de chuva para o fazer, ou então utilize balde e esponja

Fonte: EPAL

Relacionadas

Seca: nos próximos meses terá de chover quase tanto como a média anual

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê o regresso da chuva para esta quarta-feira, mas os especialistas acreditam que esta não será suficiente para aliviar a seca extrema que afeta 94% do território.
Recomendadas

Governo disponibiliza 600 mil euros para apoiar agricultores de Mação, Vila de Rei e Sertã

Esta decisão decorre da publicação, hoje, em Diário da República, de um despacho que reconhece este incêndio como “catástrofe natural”.

Fundo Ambiental vai aplicar um milhão de euros na adaptação às alterações climáticas

Proteção ao litoral, na recuperação de solos e na reabilitação da rede hidrográfica são algumas das áreas em que o Fundo Ambiental poderá conceder apoio financeiro.

Parlamento recomenda ao Governo declaração do estado de urgência climática

Foi publicada nesta segunda-feira, 29 de julho, a resolução da Assembleia da República que recomenda ao Executivo de António Costa que assuma o compromisso de promover a máxima proteção de pessoas, economias, espécies e ecossistemas, e de restaurar condições de segurança e justiça climáticas.
Comentários